sexta-feira, 16 de julho de 2010

Ídala


Nome: Funérea
O que faz na MTV: Nada do que gostaria
Nasceu em: Condições precárias
Ídolos: Rogerio Skylab, Ze do Caixão (talvez um deles sejam meu pai)
Livros: "Mate-Me por Favor"
Filmes: Dançando no Escuro ( Casco o bico...)
Música: "Oi tudo bem", dos Garotos Podres
Bebida: Veneno
Comida: Nenhuma
Homem Perfeito: Nenhum
O que mais odeia: Não me dou o trabalho de odiar
Internet: marcopavao@blogspost.com, flaviaboggio.blogspot.com e suicidegirls.com

Poema de um Novo Amigo

RESPEITAR MONTENEGRO. UMA OBRIGAÇÃO.



Nasci no Vale que filtra a alma.

Caí, sinônimo de gente honrada.

Cabeça erguida, o que é que há?

Sou orgulhoso de minhas origens.

Montenegrino e Ibiá.



Montenegro meu eterno amor.

Razão de ser de minha vida.

Na verdade a vida no meu Ser.

Viver por ti um Mandamento.

Morte em teu nome é um dever.



O teu passado, razão de glória.

Área urbana limpa e organizada.

Eras exemplo maior de qualidade.

Gente feliz vivendo em Paz.

O Paraíso "disfarçado" de Cidade.



Hoje ti encontras enferma.

Com ares de mãe abandonada.

Alguns filhos ti deixaram ferida.

Mas saibas que estamos aqui.

Prá ti defender mãe querida.



Aos que AGORA comandam, um aviso.

Somos o Povo de Montenegro.

Herdeiros de história e dignidade.

Vocês podem ter o poder.

Mas nós somos os donos da Cidade.



Contamos com voces no Poder.

Lutando por um ideal maior.

É um Ibiá quem lhes diz.

Dêem o sangue se for preciso.

Mas deixem Montenegro Feliz.



Ela é Princesa, criança, mulher.

A maior das divindades.

Merece estar sempre produzida.

Fazendo jus ao "Cidade das Artes".

Titulo que hoje é conhecida.



Termino agora meu pedido.

Aos senhores do comando.

Recebam como uma prece.

Coloquem a nossa Montenegro.

No Pedestal que merece.



Romário Oliveira

Blog: www.sofadepobre.blogspot.com

Mamma